quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Capitães da Areia


Hoje, aproveitando o feriado do Dia das Crianças, fui assistir Capitães de Areia, filme que , aliás, estava esperando ansiosamente. Fanzoca assumidíssima do universo de Jorge, o Amado, diante de mais uma oportunidade de ver na telona uma obra sua, decidi passar a tarde passeando por ladeiras, praias e trapiches da Bahia, acompanhada por Pedro Bala, Dora, Sem Pernas... Enfim,  guiada pelos famosos, destemidos e temidos capitães. E que passeio maravilhoso!

Amei o filme, mesmo não tendo sido muito fiel ao livro. Já contei aqui o quanto minha adolescência foi enriquecida pelas obras do Grande Jorge. Li todos os seus livros e sempre tive verdadeiro fascínio pela maneira encantadora e mágica que a Bahia é retratada em suas obras. Os personagens cheios de ginga e mistérios, mulheres sensuais, homens valentes, malandros, capoeira, candomblé, sincretismo, saveiros, relações místicas e, sobretudo,  as fraquezas humanas e a força negra que corre nas veias de todo baiano. 


Jorge era um branco de alma negra e entendia como ninguém essa força, fruto de uma miscigenação que, na Bahia, ganhou novas cores e encantos. Conhecia cada canto desta terra, a beleza, alegria e  valor dessa gente, que sabe driblar os reveses da vida com fé. Essa gente, que sabe que ser baiano é muito mais que ter nascido na Bahia, é sentir o sangue pulsando nas veias, é amar cada pedaço desse chão, abençoado por santos e orixás.

O filme é muito bom. Um olhar sensível sobre o cotidiano de crianças e adolescentes abandonados e entregues à própria sorte, tendo que sobreviver de furtos e que se unem, formando um grupo mais forte e corajoso, sem contudo perderem a ternura, que os fazem cuidar uns dos outros. Algumas interpretações deixam a desejar e outras nos surpreendem, mas vale a pena conferir. Direção boa, a fotografia maravilhosa, sem contar que sempre é um enorme prazer rever as lindas paisagens  de nossa terrinha.

Recomendo o excelente livro do Amadíssimo Jorge e o filme dirigido por, nada mais nada menos, que sua neta Cecília Amado.

10 comentários:

  1. Estou louco para assistir ao filme... Jorge é indiscutível. Beijos

    ResponderExcluir
  2. Soube que a diretora, neta de Jorge, teve algumas dificuldades pra finalizar a obra, que levou 5 anos pra ser concluída. Com isso, é visível a diferença de tamanho dos meninos ao final da trama.
    Vou conferir e tirar minhas próprias conclusões.
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Olá Kátia,
    De fato, os filmes nunca fazem jus às respectivas obras.
    Pretendo ver o filme. Sou admiradora de Jorge Amado.
    Saudades de você.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Agora me deu mais vontade de ver... longe da Bahia e morrendo de saudades dela... beijo, Kátia!

    ResponderExcluir
  5. Os filmes baseados em obras literárias sempre me decepcionam. Tenho evitado assistir aqueles que constituem adaptação de livros que já li. Quando lemos, criamos personagens, acompanhamos com sonhos a realidade, fictícia ou não, que nos é apresentada. No filme, ela não corresponde ao que havíamos estabelecido. Mas você fez elogios, o que significa que vale a pena ver.

    Fico muito, muito feliz quando a encontro por aqui. É uma pessoa querida, cuja ausência provoca saudade.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  6. Olá queridona,
    Até que enfim resolveu aparecer, hein?
    Eu já estava ficando preocupada com a sua ausência.
    Saiba que sua presença é muito querida.
    Beijão.

    ResponderExcluir
  7. ENVIE SUGESTÕES SOBRE FILMES, DESENHOS E SÉRIES DE TV
    O Fanzine Episódio Cultural (uma publicação bimestral sem fins
    lucrativos) irá abordar assuntos relacionados ao Cinema, Televisão e
    Música. Quer participar? cite 4 filmes, 4 desenhos e 4 séries de TV
    (novas ou antigas) que marcaram a sua vida.
    CONTATO: machadocultural@gmail.com (a/c Carlos)
    SKYPE:Tarokid18
    MSN: machadocultural@hotmail.com
    http://www.fanzineepisodiocultural.blogspot.com
    Facebook: http://www.facebook.com/profile.php?id=1464676950&ref=profile

    ResponderExcluir
  8. Kátia querida,
    Passando para lhe deixar um beijo.
    TUDIBOM!

    ResponderExcluir
  9. Olá Kátia,
    Espero que tudo esteja bem com você.
    Vim desejar-lhe um maravilhoso Natal, com muita alegria, paz e amor.
    Beijokas.

    ResponderExcluir
  10. Querida, não poderia deixar de lhe desejar um NATAL maravilhoso, cheio de luz, com paz, união familiar e amor.

    Bjs.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails